As réplicas de predadores, como falcões, balões, corujas e outros repelentes visuais funcionam?


Os dispositivos visuais que têm como função assustar pombos podem ser eficazes por curtos períodos de tempo ou quando existe baixa pressão de aves. Mas se espera que ao colocar uma coruja ou outro espanta pássaros visual em determinado local seja uma solução permanente para os seus problemas, engana-se. Os pássaros logo percebem que as réplicas de predadores não se movem e não são uma ameaça. Os dispositivos de intimidação devem ser usados apenas por curtos períodos de tempo e devem ser reforçados com outras técnicas de controle, como ruídos, luzes e outras distrações.

Mas existem casos que ao instalar uma ou mais réplicas de predadores numa varanda ou um pátio a diminuição de aves é notória, embora sem garantia de eficácia a 100%.